Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

Um novo jogo para adolescentes

 

Dei de caras com o seguinte jogo na internet e desconheço o autor. Fiz algumas adaptações e este, sim, pode ser jogado sem qualquer perigo. Usem e abusem deste, adolescentes!

 

Jogo O Preguiça azul (ou de outra cor qualquer...).

 

São 50 desafios para os adolescentes:


01 - Fazer a cama ao acordar sem que ninguém precise mandar.
02 - Lavar os pratos e deixá-los limpos a ponto de uma pessoa poder comer neles.
03 - Varrer a casa toda, deixando tudo limpo em 5 minutos (só os muito bons no jogo conseguirão concluir esta tarefa e passarão às seguintes).
04 - Subir a uma escada e tirar as roupas do varal.
05 - Conseguir dobrar e colocar todas as tuas roupas nas gavetas, igualzinho ao que a sua mãe faz.
06 - Mandar mensagens no whatsapp sem erros de português (Isto é que é um desafio!).
07 - Tirar as melhores notas da turma e tirar uma foto do registo de avaliação (Pronto, o jogo acaba aqui para a grande maioria.).
08 - Tomar banho sem molhar a casa de banho toda.
09 - Suportar conviver com um telemóvel mais antigo sem chatear os pais para comprar um novo.
10 - Obedecer no mínimo 70% das ordens dos pais durante o dia.
11 - Reconhecer publicamente que não é que as pessoas não te entendem, é que você é idiota mesmo e quer fazer drama por causa disso.
12 - Se comportar como alguém da sua idade.
13 - Parar de se vestir como se todos da sua idade tivessem que usar o mesmo tipo de roupa.
14 - Parar de ser zé ninguém, porque todo o mundo já entendeu que és o revoltadinho da família.
15 - Não beber, porque se já és idiota sóbrio, imagina bêbado.
16 - Não ser um imbecil por 1 dia.
17 - Fazer sua própria comida, afinal tens mãos também.
18 - Lavar a sua casa de banho para que ele não pareça o de uma estação de rodoviária.
19 - Ouvir música num volume que não incomode os outros moradores da casa.
20 - Ir até à padaria para comprar o pão todos os dias.
21 - Assistir a um documentário sobre a fome em África para saberes que não és o mais sofredor do mundo.
22 - Passar um dia sem falar as palavras "MANO", "TOP", "TIPO" E "LOL", etc.
23 - Limpar os pés quando entrar em casa.
24 - Não deitar no sofá ou na cama calçado.
25 - Passar um dia sem irritar os teus pais.
26 - Passar um dia sem gastar o dinheiro dos teus pais.
27 - Nas reuniões de família, ser simpático, porque é tão chato pra ti aguentares a tua família, quanto é para a tua família aguentar.te a ti.
28 - Comer de boca fechada.
29 - Usar talco para o chulé.
30 - Atender os telefonemas dos teus pais e ligar-lhes para avisares pelo menos onde estás, seu inútil.
31 - Não deitar lixo na rua.
32 - Não gritar na rua.
33 - Não incomodar a vizinhança.
34 - Respeitar o teu professor.
35 - Despachar-se de manhã sozoinho sem atrasos e sem a mãe ter que se enervar logo ao iniciar o dia, e cumprir os horários ao longo do dia.
36 - Não usar as calças a cair pelo cú abaixo, que ninguém está interessado na cor das tuas cuecas.
37 - Apagar a luz se não estiver no quarto, que os teus pais não são sócios da EDP.
38 - Desligar a televisão se não estiveres a assistir
39 - Parar de reclamar das roupas que tens ou a queixares-te das que não tens.
40 - Comer tudo o que meteste no prato.
41 - Pentear o cabelo como gente.
42 - Não usar óculos escuros e bonés em ambientes fechados.
43 - Não insistir com os pais até à exaustão, em todas as viagens de carro, para que coloquem a rádio nas estações de que gostas e perceber que há música muito melhor do que a que tu ouves.
44 - Pedir desculpa e assumir os erros.
45 - Dar bom dia.
46 - Dizer "Com licença". 
47 - Dizer "Obrigado".
48 - Perceber que a velhice é um posto e que os mais velhos têm muito para te ensinar.
49 - Se a vida que os teus pais te podem dar não te chega, conseguires um emprego assim que tenhas idade pode ser uma boa opção.
50 - Não te matares, seu imbecil!

 

Apesar da brincadeira que trago, o jogo da Baleia azul que está na ordem do dia (e outros do mesmo tipo) é um assunto que me preocupa muito, e que deve preocupar todos os educadores. É muito importante que os pais estejam atentos e supervisionem a utilização da internet por parte dos seus filhos adolescentes. Sabemos que é uma fase em que eles acham que sabem tudo e não querem os pais por perto quando estão em frente a um computador, etc etc. Mas não há que ceder nesse aspeto. Somos pais e é nosso dever supervisionar tudo na vida dos nossos filhos. 

 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

DIREITOS DE AUTOR (Decreto-Lei n.º 63/85 com as posteriores alterações)

Maria Mocha é o pseudónimo de uma mulher que, de vez em quando, gosta de deixar os pensamentos fluir pela escrita, uma escrita despretensiosa, mas plena dos sentimentos e emoções com que enfrenta a vida. Assim, as criações intelectuais da Maria Mocha publicadas (textos, fotos) têm direitos de autor que a mesma quer ver respeitados e protegidos. Eventuais créditos de textos ou fotos de outros autores serão mencionados. Aos leitores da Maria Mocha um apelo: leiam, reflitam sobre o que leram, comentem, mas não utilizem indevidamente conteúdos deste blog sem autorização prévia da autora. Obrigada.

Calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens