Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

Você é linda!

marriage-relationships-gigolo-marriage_of_convenie

 

Sou Maria. Mocha serei só no sentido do que representa o bicho: a ligação aos livros, à leitura, a valorização do conhecimento, que sempre tive.

 

Assim, como já hão de ter percebido, "Maria Mocha" é uma espécie de alter-ego ou heterónimo da minha pessoa. "Heterónimos da minha pessoa..." Ora cá está um belo trocadilho com os heterónimos do Pessoa! És o máximo, Maria! 

 

Mas vamos ao que interessa.

 

Tenho uma conta no Facebook. Assumo lá a minha identidade, com direito, desde início, a informação sobre o estado civil e identificação do M, não fosse aparecer-me pela frente um daqueles mal emparelhados desemparelhados que andam pelas redes sociais à cata de mulheres disponíveis.

 

Pensava eu que estaria protegida dessas investidas. Mas não. Mesmo assim, tenho tido algumas tentativas de emparelhamento, sempre através de mensagens privadas. Inicialmente não via nelas malícia, mas depois comecei a perceber que a coisa não era inocente e que eu não podia ser simpática e trocar mensagens porque poderia e estaria eventualmente a passar uma mensagem errada. É que há homens que numa simples resposta de "Sim, estou bem. E você?", já imaginam as portas abertas para a diversão (usemos um eufemismo...).

 

Já recebi piropos como:

"Bem giraça!";

"Muito gira.";

"Olá. Queres ganhar algum dinheiro com Moda, desfile e sessão fotográfica para uma agência?" seguida de emojis a enviar coraçõezinhos e beijinhos (se resistiram às outras, sintam-se à vontade para rir com esta, que com os meus 45 anos e 5 quilos para além da conta, é mesmo para rir!);

Agora recentemente, a última pérola: "Você é linda!" (leiam pausadamente, com sensualidade e, já agora, com os olhos semicerrados levantem uma das sobrancelhas, e façam beicinho no fim. Foi assim que imaginei. Forte, não é? Eu sei! );

 

É claro que tive que corrigir o português de alguns destes piropos, que se não o fizesse até me davam "ânsias" de escrever por aqui sem acentos e coisa e tal. Escusado será dizer que não respondi a nenhuma destas aproximações. 

 

Já tive também outras abordagens mais elaboradas de homens mais maduros, um deles conhecido do próprio M (qualquer dia talvez fale sobre isso), mas estes exemplos que aqui trago hoje vieram surpreendentemente de rapazes novos, pelo menos mais novos que eu uns bons dez a quinze anos.  

 

Pergunto:  que é que se passa com esta juventude? Das três, uma:

 

Ou estes rapazes gostam mesmo de mulheres mais maduras e eu estarei mais bem conservada do que penso, para uma quarentona,

 

Ou está muito boa gente a precisar de ir ao oftalmologista e a crise não tem permitido,

 

Ou anda por aí uma nova moda entre os gigolos de tentarem fazer clientela através do Facebook. 

 

Aposto na terceira! 

 

36 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

DIREITOS DE AUTOR (Decreto-Lei n.º 63/85 com as posteriores alterações)

Maria Mocha é o pseudónimo de uma mulher que, de vez em quando, gosta de deixar os pensamentos fluir pela escrita, uma escrita despretensiosa, mas plena dos sentimentos e emoções com que enfrenta a vida. Assim, as criações intelectuais da Maria Mocha publicadas (textos, fotos) têm direitos de autor que a mesma quer ver respeitados e protegidos. Eventuais créditos de textos ou fotos de outros autores serão mencionados. Aos leitores da Maria Mocha um apelo: leiam, reflitam sobre o que leram, comentem, mas não utilizem indevidamente conteúdos deste blog sem autorização prévia da autora. Obrigada.

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens