Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

Há situações na vida que parecem obra de ficção!

staff-meeting-funny-meeting-oFsaWN-clipart.gif

 

Garanto que não ficciono nem invento aqui nada. Tudo o que partilho são situações vivenciadas ou testemunhadas e sentimentos verdadeiramente sentidos (passo o pleonasmo). Embora possa não parecer... 

 

Falava eu ontem de ficar com o "sistema nervoso"... Mal eu sabia que durante o dia iria assistir a um ataque de nervos como nunca tinha visto num local de trabalho. Em plena reunião, uma senhora completamente descompensada protagonizou uma cena de choro e gritos completamente lamentável, exagerada e desajustada. Isto porque quem presidia a reunião não permitiu que ela se ausentasse por questões pessoais. Parecia um filme italiano. Mas não era nenhum filme. Era bem real. E o que é certo é que a queixosa com o "sistema nervoso", ainda mais nervoso que o meu, acabou por sair mesmo da reunião.  

 

Confortámos a senhora e, depois de largos minutos de choro e ombros amigos, ela acabou por se acalmar. Tive pena. Pensei que poderia ter sido eu a ter aquele surto. A única coisa que nos separa, a mim (e todas as pessoas como eu que não têm exteriorizações daquelas em público) e a ela, é sermos mais racionais, contidos, castradores das nossas emoções. Os humanos andam demasiado stressados, nervosos, infelizes.  Alguns conseguem é disfarçar melhor que outros. 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

DIREITOS DE AUTOR (Decreto-Lei n.º 63/85 com as posteriores alterações)

Maria Mocha é o pseudónimo de uma mulher que, de vez em quando, gosta de deixar os pensamentos fluir pela escrita, uma escrita despretensiosa, mas plena dos sentimentos e emoções com que enfrenta a vida. Assim, as criações intelectuais da Maria Mocha publicadas (textos, fotos) têm direitos de autor que a mesma quer ver respeitados e protegidos. Eventuais créditos de textos ou fotos de outros autores serão mencionados. Aos leitores da Maria Mocha um apelo: leiam, reflitam sobre o que leram, comentem, mas não utilizem indevidamente conteúdos deste blog sem autorização prévia da autora. Obrigada.

Calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens