Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

Música para os meus ouvidos #1 ("Proud Mary")

É hoje que os americanos se decidem. Que perigo os americanos a tomarem decisões! 

 

Apesar de tudo, espero que seja eleita hoje uma (espécie de) Proud Mary. Vi no fim-de-semana um documentário sobre a vida dos dois candidatos e mais convencida fiquei de que o Trump não interessa nem à América nem ao mundo. E também constatei que a Hillary, uma mulher inteligente, proeminente advogada, mais bem sucedida na profissão do que o marido (ambos tiraram advocacia), abdicou da sua carreira, para o apoiar a ele na sua carreira política. Basicamente, anulou-se como tantas mulheres fazem em prol do sucesso dos maridos. Chegou até ao ponto de não ser muito "proud" quando o apoiou em todas as suas infidelidades (não, a Monica Lewinsky não foi a única...). Enfim, apesar de tudo, que ganhe ela. 

 

Ontem falei aqui nesta música dos Creedence Clearwater Revival. Hoje deixo-vos com ela. É uma daquelas músicas que teve inúmeros  covers, mas eu, nesses casos, gosto de recordar os originais. Bem, menos as do Bob Dylan, que essas costumam ficar melhor cantadas por outros, até pelo Zé Cabra, que o Robert Allen Zimmerman (quem sabia que este é o nome dele? Ah, pois é! As coisas que eu sei...), dizia eu que ele tem jeito para fazer letras e musicá-las, mas como cantor até fere os tímpanos. Estou a exagerar e isso agora também não interessa nada, que ele até é Nobel e respeitinho pelo Nobel é muito bonito... 

 

Deliciem-se! 

 

 

 
Proud Mary 
Creedence Clearwater Revival
 
 
Left a good job in the city
Workin' for the man ev'ry night and day
And I never lost one minute of sleepin'
Worryin' 'bout the way things might have been
 
Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river
 
Cleaned a lot of plates in Memphis
Pumped a lot of pane down in New Orleans
But I never saw the good side of the city
'Til I hitched a ride on a river boat queen
 
Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river
Rollin', rollin', rollin' on the river
 
If you come down to the river
Bet you gonna find some people who live
You don't have to worry 'cause you have [if you got] no money
People on the river are happy to give
 
Big wheel keep on turnin'
Proud Mary keep on burnin'
Rollin', rollin', rollin' on the river
Rollin', rollin', rollin' on the river
 
Rollin', rollin', rollin' on the river
Rollin', rollin', rollin' on the river
Rollin', rollin', rollin' on the river
 
Compositor: Willie Nelson

7 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Mocha 08.11.2016

    Nem eu! A sério! Mas o que é facto é que se impõem e muitas vezes da pior maneira, para destruir!
    Beijinhos.
  • Imagem de perfil

    Dária 08.11.2016

    Mas eles lá se vão impondo porque deixamos, a maior preocupação do mundo neste momento é a palhaçada da eleição deles!
  • Imagem de perfil

    Maria Mocha 08.11.2016

    Percebo-te. Mas a preocupação existe exatamente porque a palhaçada da eleição deles (concordo que é uma palhaçada!) pode descambar em algo perigoso para todos nós. Porque efetivamente, quer queiramos quer não, mandam no mundo! Somos marionetas nas mãos de alguns líderes mundiais.
  • Imagem de perfil

    Dária 08.11.2016

    Não me lembro do nome do filme em que a marioneta ganhou vida, temos que fazer como ela.
  • Imagem de perfil

    Maria Mocha 08.11.2016

    Estás a falar do Pinóquio????
  • Imagem de perfil

    Dária 08.11.2016

    Ahahah! Não, senão ainda era pior! É uma bailarina, temos que fugir deles dançando...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    DIREITOS DE AUTOR (Decreto-Lei n.º 63/85 com as posteriores alterações)

    Maria Mocha é o pseudónimo de uma mulher que, de vez em quando, gosta de deixar os pensamentos fluir pela escrita, uma escrita despretensiosa, mas plena dos sentimentos e emoções com que enfrenta a vida. Assim, as criações intelectuais da Maria Mocha publicadas (textos, fotos) têm direitos de autor que a mesma quer ver respeitados e protegidos. Eventuais créditos de textos ou fotos de outros autores serão mencionados. Aos leitores da Maria Mocha um apelo: leiam, reflitam sobre o que leram, comentem, mas não utilizem indevidamente conteúdos deste blog sem autorização prévia da autora. Obrigada.

    Calendário

    Novembro 2016

    D S T Q Q S S
    12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens