Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

Parceria editorial? Desta é que não estava à espera!

 

AAEAAQAAAAAAAAbnAAAAJDIxZTA2N2JkLTE4ZjAtNGZiNC05MT

 

Nunca vou à caixa de correio que tenho associada a este blog. Criei-a na altura da criação do blog e serviria só para receber as suas notificações. No entanto, como no blog também temos as notificações bem visíveis, achava eu que a tal caixa era desnecessária e nunca lá ia. Por uma situação que ainda terei oportunidade de aqui contar, fui lá e encontrei, entre outras, uma missiva que não esperava mesmo nada.

 

Dei de caras com uma proposta de parceria editorial, vejam bem! 

 

Data já de setembro e a proposta apresentada pela empresa X é de, basicamente, publicar um post neste meu humilde blog sobre dicas de decoração ou outro assunto a combinar. Este post publicado no meu blog seria partilhado no Facebook da empresa X, que alegadamente conta com mais de 90.000 likes (por acaso, eu fui lá bisbilhotar e, segundo me parece, a não ser que seja possível adulterar essa informação, tem na realidade perto de 90.000). 

 

Ou seja: estava implícito no "negócio" que seria muito bom para mim, pois ganharia notoriedade ao estar associada a uma empresa aparentemente com algum peso no mercado. 

 

Mas aqui esta vossa amiga é por natureza muito desconfiada e acredita na máxima de que "quando a esmola é grande, o pobre desconfia". Tenho por hábito dissecar bem as situações e contextos antes de tomar decisões. E há aqui qualquer coisa que não faz muito sentido.

 

Senão, elucidem-me:

 

Porque é que uma empresa com tanta visibilidade iria recorrer a mim, uma pobre blogger quase desconhecida, para publicitar a sua marca (da dita empresa) no meu blog? É que a tal empresa não é propriamente de beneficência, ok?! Por isso, tem que ter algum interesse com a parceria, certo? Quer divulgar a marca, angariar potenciais clientes, como é óbvio!  

 

E seria comigo que iria consegui-lo? Algo aqui não bate certo, não concordam? Porque é que esta empresa (ou outra qualquer) haveria de querer angariar clientes através de mim, que não tenho peso nenhum por aqui?

 

Então, outra questão se me levantou: Será que eu não sou assim tão insignificante como penso? Querem ver que já não sei quem ganharia mais com a parceria?! Querem ver que eu, se quisesse, teria poder negocial aqui?  Sei lá! Nem quero saber. Fico-me pelas conjeturas... Mas uma coisa eu sei e digo: eu não nasci ontem! 

 

Ainda não respondi. Mas por princípio acredito, como o cão do cartoon, que os contributos e as contrapartidas nas parcerias (e aqui refiro-me exclusivamente às transações comerciais puras, não a outras desencadeadas por companheirismo e amizade, nomeadamente entre bloggers) não podem ser unilaterais ou altruístas. Por outro lado, procurar dividendos também poderia desvirtuar a minha participação neste mundo... É complicado. 

 

Uma coisa é certa: por estas e por outras, tenho que visitar mais a caixa de correio de agora em diante. Senão ainda me escapa uma daquelas propostas irrecusáveis... 

 

Qual é a vossa opinião sobre isto? Como decidiriam? Já vos aconteceu? 

 

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria Mocha 18.10.2016

    Sim, sei que tenho que responder, nem que seja por cortesia. A minha dúvida é se quero que me explicitem melhor as condições ou não. Não queria "comercializar" por aqui.
    É complicado. Sou uma cabeça muito complicada.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    DIREITOS DE AUTOR (Decreto-Lei n.º 63/85 com as posteriores alterações)

    Maria Mocha é o pseudónimo de uma mulher que, de vez em quando, gosta de deixar os pensamentos fluir pela escrita, uma escrita despretensiosa, mas plena dos sentimentos e emoções com que enfrenta a vida. Assim, as criações intelectuais da Maria Mocha publicadas (textos, fotos) têm direitos de autor que a mesma quer ver respeitados e protegidos. Eventuais créditos de textos ou fotos de outros autores serão mencionados. Aos leitores da Maria Mocha um apelo: leiam, reflitam sobre o que leram, comentem, mas não utilizem indevidamente conteúdos deste blog sem autorização prévia da autora. Obrigada.

    Calendário

    Outubro 2016

    D S T Q Q S S
    1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Em destaque no SAPO Blogs
    pub