Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

M(ã)emórias da Maria Mocha

Blogue pessoal que aborda o universo feminino, maternidade, adolescência, resiliência, luta e superação do cancro, partilha de vivências, vida familiar e profissional... e alguma reflexão com humor à mistura.

TAG - Quase Nada Sobre o Outono (The not so Autumn Tag)

outono.jpg

 (Imagem do Tumblr)

 

Cá vai o meu telegráfico contributo para o desafio muito pouco sobre o outono, mas com muita liberdade criativa, proposto pela Cátia. O facto de não morrer de amores pelo outono e a dor de cabeça monstra ontem à noite não permitiu mais, a não ser desnortear (desnorteio muito, vou fazer o quê?) e fazer um bocadinho de batota. Desculpa qualquer coisinha, Cátia. 

 

1. Café ou Chocolate - Como preferes o café ou o chocolate no Outono, e que marca bebes com mais frequência?

Mas porquê café ou chocolate???  E porque é que no outono há de ser diferente? Sou fiel aos dois, sempre!

Café: para acordar, ao pequeno-almoço, todo o santo dia de todas as estações do ano.

Chocolate: à noite, de vez em quando presente na mesinha de cabeceira, em tabletes, do negro amargo, para curar as carências... de doces!  

 

2. Acessórios de Outono - o que optas mais por usar (gorros, cachecóis, luvas, etc.)?

Não uso gorros nem luvas, e cachecóis também não gosto muito. Só se for esporadicamente em pleno inverno, quando o frio aperta. Mas gosto de lenços, em todas as estações do ano (lá está!).

 

3. Música - Que tipo de música ouves durante o Outono?

Mas quem inventou estas perguntas, Cátia, amiga??? Música de outono? A música de que gosto, ouço sempre. Tenho um gosto bastante eclético (fica sempre bem utilizar esta palavra tão na moda!). Gosto muito de rock sinfónico. Adoro Pink Floyd. Durante vários anos o toque do meu telemóvel pessoal eram os gemidos/gritos melodiosos da Clare Torry em "The Great Gig in the Sky" e agora é o refrão de "Perfect Sense", portanto vejam! Há lá coisa melhor?! Amo Super Tramp, The Rolling Stones, Queen, e muitas outras bandas dos anos 70/80. Gosto dos três que morreram este ano: Leonard Cohen, David Bowie, Prince. Grandes perdas! Também gosto muito de REM e no telemóvel do serviço tenho o toque com a música "Imitation of Life". Vejam o videoclip, que vale a pena. Aprendi a gostar de fado. Gosto de reggae. Adoro música de intervenção que marcou épocas, desde Bob Dylan a Zeca Afonso. De música ficava aqui a escrever o resto da noite. Digamos que é das coisas que podem alegrar uma estação mais triste.

 

4. Perfume - que tipo de perfume usas nesta estação do ano?

Até nos perfumes deixei de oscilar entre os frescos de verão e os doces de inverno. Neste momento uso Neroli Portofino da marca Tom Ford, que para mim se adapta bem a qualquer estação do ano.

 

5.  Velas - que cheiro gostas mais durante esta altura do ano?

Não uso. Prefiro ambientadores, que dão menos trabalho, daqueles com os pauzinhos dentro do produto que ficam ali e vão libertando o aroma, que pode ser de baunilha, ou um mais fresco. 

 

6. O que gostas mais do Outono?

Das diferentes tonalidades da paisagem. Do acobreado das folhas a esvoaçar com o vento ou espalhadas no chão. E das castanhas assadas! E de estar viva! Basicamente é isto...

 

7. A maquilhagem preferida para o Outono.

Não uso. Só em festas e essas acontecem raramente, mas em qualquer altura do ano.

 

8. O que esperas fazer mais neste Outono?

Estou há dez minutos a olhar para esta pergunta. Esta desconcertou-me. O que espero fazer? Depende dos dias. Hoje só me está a dar para um "discurso à Miss Universo". Acho que desejo mais paz, harmonia, amor, compreensão no meu mundo. Está um bocado virado do avesso... e que desaparecesse a dor de cabeça que não marcha, nem a toque de comprimidos.

 

Não sei quem já foi nomeado, por isso acho que não nomeio ninguém.  Ou melhor: nomeio qualquer um dos meus subscritores, ok? Ou então, quem ainda não fez este desafio e gostaria de fazer, faz favor de dizer nos comentários, que eu nomeio já já. 

 

Ai a minha cabeça!

 

Foi o post possível. Ainda se fosse primavera... ou, pelo menos, Natal...

 

Outono capilar

Registei por aqui recentemente alguns bloguistas a queixarem-se da queda de cabelo nesta estação. (A propósito, sempre me fez alguma confusão como é que perdendo tanto cabelo, acaba por não se notar a falta dos que nos vão caindo... Anyway...)

 

Vamos ao que me trouxe aqui hoje. É rápido. É só uma informação à comunidade. 

 

Informa-se que:

Caso alguém pense em formar um grupo de auto-ajuda, tipo "Descabelados* Anónimos Signatários do Sapo" (seria o DASS!!!), estou em condições de integrá-lo, ok? Agradecida! 

 

 *Por descabelados entenda-se no sentido literal e metafórico!

 

 

 

 

Rendi-me ao outono...que remédio!?

20161010_154536.jpg

 

 

Rendi-me ao outono. Verdade! Qualquer dia ainda me vêem a fumar... 

 

Apesar de continuar um sol radioso, já comecei a interiorizar esta estação. Demora um bocadito a aceitar que o verão se foi, mas chego lá. Nada a fazer... 

 

Por esta altura costumo fazer umas broas muito saborosas e que começam a apetecer quando o tempo esfria. Chamam-se "Broas dos Santos". Ainda é  cedo, eu sei. Mas partilho já a receita, para o caso de alguém por aí querer experimentar antes da data. 

 

Então, cá vai! É muito simples. Espero que gostem.

 

Colocam-se ao lume, até levantar fervura, os seguintes ingredientes:

  • 0,5 l de azeite
  • 0,5 l de água
  • 500 g de açúcar
  • 50 g de canela
  • 50 g de erva doce
  • 1,5 chávenas de mel
  • Frutos secos a gosto: pinhões, pedaços de nozes e de amêndoas 

Quando levanta fervura, acrescenta-se 1kg de farinha sem fermento e uma mão cheia de farinha de milho. Mexe-se até formar uma massa uniforme e moldável. 

Moldam-se pequenas bolas (pouco maiores que uma noz) e colocam-se num tabuleiro forrado com papel vegetal anti-aderente. Coloca-se uma amêndoa ou meia noz por cima e pincela-se com gema de ovo. Vai ao forno até dourar. É preciso ter cuidado para não cozer demasiado. Têm tendência para ficar duras e queimadas por baixo, se passarem do ponto.

Retiram-se do forno e, depois de esfriarem um pouco, envolvem-se numa mistura de açúcar e canela. 

 

Com as quantidades indicadas, fiz quatro tabuleiros. Temos bolinhos para um bom tempo cá em casa, e ainda para dar à sogra. São ótimos com chá.

 

Pergunta que se impõe: Assim, como é que uma pessoa pode ser magra? 

 

 

 

 

Bem vistas as coisas, continuo a preferir o verão!

Estamos quase em outubro e parece que estamos no verão. Já tinha dito que eu gosto é do verão? Pois, é do verão que eu mais gosto.

 

Gosto das férias.

(Mas sinto sempre que não espremo delas todo o sumo.)

Gosto de sol e calor. 

(Mas também gosto de fugir deles e procurar as sombras.)

Gosto das noites de verão e de estar deitada na cama com o M. ao lado, a sentir a brisa a entrar por uma janela aberta.

(Mas não gosto das moscas, melgas e mosquitos e afins.)

Gosto de pouca roupa e dos pés ao léu.

(Mas sinto falta dos meus lenços e das botas de inverno.)

Gosto de processar vitamina D com fartura para os meus ossinhos e articulações andarem nos "trinques".

(Mas o calor em excesso deixa-me prostrada, sem ação.)

Gosto que o meu cérebro produza serotonina em abundância para eu andar feliz e contente.

(Mas também sou tão feliz no Natal!)

Gosto dos sonos tranquilos, da melatonina e da ausência das ralações do trabalho.

(Mas levo o trabalho sempre comigo.)

Gosto do relaxamento e da inércia dos dias de ócio.

(Mas tenho bichos carpinteiros e não consigo estar parada muito tempo.)

Gosto da liberdade dos dias longos e de ter tempo.

(Mas os dias não me dão tempo suficiente para gozar dessa liberdade.)

Gosto do efeito que o sol e o calor têm sobre a líbido. 

(Mas também gosto do conforto e aconchego de uma conchinha nas noites frias de inverno.)

 

Sim... bem vistas as coisas, continuo a preferir o verão. 

 

Só sei dizer que, se o outono continuar a oferecer-nos as condições meteorológicas dos últimos dias, candidata-se a passar a ser uma das minhas estações preferidas. E não está fora de questão ainda dar um saltinho à praia este ano... Essa é que é essa! 

Está à porta o fim-de-semana. Quem sabe?... 

 

 

Equinócio de outono

small_shutterstock_112677089.jpg

 Foto: ShutterStock

 

É oficial: a partir das 14:21h de hoje, com o equinócio de Outono, vai-se embora a minha estação preferida. 

 

Para vós que não sois afetados pelo movimento de translação da terra que nos imporá os padrões climáticos dos próximos meses e, por isso, conseguireis manter a energia e boa disposição intactas nos tempos que se avizinham, apesar dos dias mais curtos e escuros, do frio e da chuva, não vos esqueceis: "Quem planta no Outono, leva um ano de abono”. Por isso, toca a tratar das hortas! 

 

Recuso-me!

Pronto! É oficial. Chegou o outono, antes do tempo.

Saí de casa toda lampeira, vestida e calçada de verão. Meti-me no carro e só saí agora, à porta do emprego. Senti uma aragem na espinha, toda eu me ericei. Mas eu cá sou uma rapariga fiel. "Call me crazy", mas recuso-me a vestir roupa de outono. Ainda não! Vamos lá sofrer um bocadinho... Meu rico verão! 

Mais sobre mim

foto do autor

DIREITOS DE AUTOR (Decreto-Lei n.º 63/85 com as posteriores alterações)

Maria Mocha é o pseudónimo de uma mulher que, de vez em quando, gosta de deixar os pensamentos fluir pela escrita, uma escrita despretensiosa, mas plena dos sentimentos e emoções com que enfrenta a vida. Assim, as criações intelectuais da Maria Mocha publicadas (textos, fotos) têm direitos de autor que a mesma quer ver respeitados e protegidos. Eventuais créditos de textos ou fotos de outros autores serão mencionados. Aos leitores da Maria Mocha um apelo: leiam, reflitam sobre o que leram, comentem, mas não utilizem indevidamente conteúdos deste blog sem autorização prévia da autora. Obrigada.

Calendário

Setembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens